feed facebook

Pesquisa







PARCEIROS




Certificação Energética de Edifícios

VEIGAS IMOBILIÁRIA REFORÇA PRESENÇA EM LISBOA

A Veigas Imobiliária acaba de anunciar a abertura de três novas lojas, na cidade de Lisboa. As novas lojas Veigas Imobiliária de Avenidas Novas, Campolide e Conde Redondo vêm reforçar a estratégia de expansão da rede, a nível nacional, levada a cabo pela empresa.

Com um investimento global por agência é de 75.000€, as novas lojas da rede de franchising da Veigas Imobiliária esperam vir a recuperar este valor no seu primeiro ano de actividade, contando para tal com uma facturação global estimada por agência de aproximadamente em 830.000€. Para estas novas lojas foram definidos como objectivos prioritários a conquista da liderança nas suas áreas de actuação, quer em número de transacções quer em valor de negócios, e a percepção da rede Veigas Imobiliária, por parte dos clientes, como a Melhor Rede em Serviços Imobiliários.

A loja Veigas Avenidas Novas está localizada na Avenida Miguel Bombarda, nº 123 A, sob a gerência dos sócios-gerentes António Nascimento e Sérgio Coelho. Por seu lado, a Veigas Imobiliária de Campolide, está localizada na Rua da Artilharia 1, n.º 118 B, sob a gerência de Sérgio Manso. A loja Veigas Conde Redondo situa-se Rua Gomes Freire, n.º 185 B. Esta agência é liderada por Cecília Oliveira.

Estas três novas lojas juntam-se assim à rede de 15 lojas já existentes na região de Lisboa. De salientar que até ao final de 2008, a Veigas Imobiliária pretende abrir mais 23 novas lojas, totalizando 85 agências Veigas Imobiliária em todo o país.

Segundo Paulo Veigas, Director Geral da Veigas Imobiliária, «a abertura destas três novas lojas representa para nós um passo em frente na estratégia de expansão da nossa rede, ao mesmo tempo que se apresentam como um dos primeiros resultados do esforço realizado para atingirmos esse objectivo. A Veigas Imobiliária, enquanto Master da Rede, dará a estes novos franchisados todo o apoio necessário e espera que este acto empreendedor se multiplique para outras regiões do país.»