feed facebook

Pesquisa







PARCEIROS




Certificação Energética de Edifícios

Volume de negócios da Veigas&Veigas 140%

A Veigas&Veigas atingiu um crescimento de 140,09% no volume de transacções realizadas no primeiro trimestre deste ano, quando comparado com o período homólogo de 2005. A maior rede portuguesa de «franchising» imobiliário intermediou, de Janeiro a Março de 2006, um total de 412 imóveis, no valor global de 61,8 milhões de euros, a que correspondeu a geração de comissões no valor de 1,6 milhões de euros.

Em termos de número de imóveis transaccionados, a Veigas&Veigas registou uma variação de 108,08%, enquanto o volume de facturação cresceu 103,46%.

Indicador

1º Trimestre de 2006

1º Trimestre de 2005

Variação

Volume de Vendas

412 

198 

108,08%

Volume de Facturação

1.648.000 

809.979 

103,46%

Volume de Transacções

61.800.000 

25.740.000 

140,09%

 

Estes dados traduzem o crescimento acelerado desta rede de mediação imobiliária, que conta com 41 agências abertas e se prepara agora para entrar no mercado espanhol.

De acordo com Paulo Veigas, fundador e administrador desta rede, «o forte crescimento da Veigas&Veigas continua a demonstrar que o nosso foco em qualidade de serviço, tecnologia e marketing agressivo são os eixos fundamentais para atingirmos o objectivo que traçamos: sermos líderes de mercado em Portugal e ganharmos também uma considerável presença em Espanha».

O início do projecto Veigas&Veigas aconteceu em 1997, quando Paulo Veigas começou a trabalhar em mediação imobiliária. Em Outubro de 2004 foi inaugurada a primeira loja «franchisada» Veigas&Veigas, na cidade de Ourém. Em 2005, Veigas&Veigas intermediou 1.100 imóveis, gerando comissões no valor de seis milhões de euros. Actualmente esta rede de intermediação imobiliária conta com 40 agências, esperando encerrar 2006 com um total de 65 posições no mercado português.