feed facebook

Pesquisa







PARCEIROS




Certificação Energética de Edifícios

Miguel Brandão e Eduardo Freitas - OMNI

Onde e quando surgiu a vossa marca?
Viana do Castelo, 01 de Abril de 1988, parece mentira mas foi a data de inauguração da primeira loja, embora a marca tenha começado a ser pensada e registada em 1987.

Qual o conceito da marca?

Tornar mais acessíveis as grandes tendências em termos de Streetwear, assim como o material técnico para Surf e Bodyboard, sem comprometer a exclusividade e sem nunca massificar os produtos, acreditar que é possível produzir, pensar e escrever em Português.

Quais os principais produtos que disponibilizam aos clientes?
Formação de várias semanas nas nossas lojas piloto, completo manual de procedimentos, orientação em todas as fases do negócio, disponibilidade de nos deslocarmos em qualquer momento a qualquer uma das lojas para resolver situações concretas, linha de apoio permanente, acesso exclusivo aos nosso produtos em determinado território, central de compras de consumíveis e material publicitário...

Como surgiu a opção de expansão da vossa marca através do sistema de franchising?
Muito naturalmente, da necessidade de expandirmos sem descaracterizarmos e continuarmos a dar aos nossos clientes finais o atendimento que eles esperavam, de poder chegar a vários mercados que trabalháva-mos á distância sem um grande investimento em capital e logistica, começamos a equacionar esta hipótese em 1993, trabalhamos o conceito em 94 e abrimos a primeira loja em 95.

Qual a principal característica que vos diferencia da concorrência no sector aonde actuam?
Concorremos directamente com marcas com igual design, qualidade igual ou inferior, mas com preço do dobro em relação á OMNI, sendo este o factor que nos distingue, ou com marcas de igual preço, em geral inferior qualidade e (principalmente) grande massificação pouca personalidade. ,

Assim, pretendemos oferecer um produto de "baixa tiragem", "alta qualidade" , "preço justo" e com a personalidade que nos caracteriza, sem por isso deixarmos de nos adaptarmos ás tendências.

Que característica deve possuir um franchisado da vossa rede?
Criar-se uma empatia, sintonia com o nosso público alvo, dedicação a tempo inteiro ao projecto ( de preferência ).

Que relação existe entre o master e o franchisado na vossa rede?
O melhor será falarem directamente com eles, mas consideramos que é excelente.

O que diria a um potencial franchisado que esteja a equacionar entrar para a vossa rede?
Que se informe o melhor possível do nosso projecto, que fale com todos os nossos franchisados, que visite as nossas lojas piloto, que nos peça números e exemplos práticos do sucesso do nosso projecto, que cruze todas as informações e que decida por ele próprio com muita calma.