feed facebook

Pesquisa







PARCEIROS




Certificação Energética de Edifícios

DECISÕES E SOLUÇÕES CRESCE 170% EM 2014

  • Mais de 20 mil clientes conquistados e 12 novas agências inauguradas em Portugal;
  • Melhor ano de sempre ao nível da área imobiliária, com crescimento homólogo de 170%, e na área seguradora, com uma carteira de seguros superior a 50.000 clientes;

 

A DECISÕES E SOLUÇÕES, líder nacional em consultoria imobiliária e financeira, fechou o ano de 2014 com um crescimento de 170% na faturação da área imobiliária face a 2013 e prestou serviços de aconselhamento com Soluções 360º a mais de 20.500 novos clientes. A área seguradora também registou o seu melhor ano de sempre apresentando uma carteira de seguros que já ultrapassa os 50.000 clientes.

A consultora 100% nacional, que em 2014 inaugurou 12 novas agências em Portugal, iniciou também o seu processo de internacionalização para vários países, estando já presente no mercado brasileiro através da DECISÕES E SOLUÇÕES BRASIL.

2014 foi um ano de crescimento em várias áreas de atuação da DECISÕES E SOLUÇÕES, destacando-se a mediação imobiliária, a mediação de obras, a construção de imóveis e a mediação de seguros. Em todos estes domínios obtivemos os melhores resultados de sempre” afirma Paulo Abrantes, diretor-geral da DECISÕES E SOLUÇÕES. “Estamos confiantes que o ano de 2015 vai ser muito melhor, com especial destaque para a área imobiliária, para o sector da construção de imóveis e ainda nos grandes negócios" conclui o responsável.

 

O sucesso na área imobiliária

O valor médio de cada imóvel vendido e escriturado pela DECISÕES E SOLUÇÕES em 2014 rondou os 118.000 euros. Já o arrendamento de imóveis registou um valor médio de 480 euros em 2014.

Ao nível da mediação de obras, área em que a DECISÕES E SOLUÇÕES conta com protocolos com mais de 60 empresas a nível nacional, o valor médio de cada obra adjudicada foi de 16.100 euros.

A área da construção de imóveis, lançada no início de 2014, demonstrou ser uma aposta com grande potencial de desenvolvimento. O valor médio de cada construção adjudicada em 2014 foi de 70.000 euros.