feed facebook

Pesquisa







PARCEIROS




Certificação Energética de Edifícios

Optimus Negócios expande modelo de negócio em Franchising

Entrevista a Filipe Arnaut Mendonça, Responsável de Desenvolvimento de Canais Optimus Negócios.

Quais as razões que estão na base da criação deste conceito na actual conjuntura do mercado? A própria conjuntura ajuda a explicar este lançamento?

A opção da Optimus na aposta num modelo de franchising no segmento empresarial teve dois objectivos principais: incrementar a capilaridade de vendas da marca em regiões do País menos representadas comercialmente e aproveitar o capital de conhecimento de profissionais com perfil comercial, orientação para resultados e vontade de vencer. Temos a convicção que existem pessoas com ambição de terem o seu próprio negócio, com influência regional, uma boa carteira de conhecimentos e relações privilegiadas com o tecido empresarial local, que nos darão uma oportunidade de colocar uma proposta de valor agressiva e que contribua para o seu crescimento.

Está já definida a estratégia para 2011 no que toca à expansão da marca? Quantas unidades pretendem abrir? E nos próximos anos?

Este é um projecto pioneiro e estamos também em fase de aprendizagem deste modelo. Queremos ter no primeiro semestre um conjunto de parceiros que nos permita comprovar a eficácia do modelo e ter uma cobertura regional relevante nos distritos de Beja, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Portalegre, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

Quais as condições de adesão a este franchising no que toca a direitos de entrada, etc?

Para além de um processo de candidatura que compreende várias fases de selecção, os novos parceiros apenas terão um custo de entrada de 3.000€, que compreendem um pacote de ferramentas de trabalho de hardware e software, um plano de formação inicial e contínuo e todos os materiais de marketing que garantirão a representação uniforme e coerente da marca junto dos clientes.

Os futuros franchisados poderão contar com algum tipo de apoio, por exemplo, a nível de centrais de compras do universo Optimus/Sonae?

A relação da Optimus assenta numa forte proximidade com os seus parceiros de negócio, que contarão desde o arranque da operação com um plano de formação extremamente completo e integração no negócio. Foram desenhadas ferramentas de ligação entre o franchisado e a Optimus que facilitarão todo o processo administrativo, comercial e financeiro que contribuem também para o enfoque comercial que se pretende para que o sucesso seja facilitado. Não colocamos de parte alargar alguns benefícios resultantes de sinergias do grupo no futuro, mas para já o cenário não se coloca pois as ferramentas para desenvolver a actividade estão todas garantidas.

Os franchisados terão que deter já o espaço para a abertura de uma unidade, ou poderão "criar" uma de raiz?

Não é necessário espaço aberto ao público, o franchisado desenvolve a sua actividade junto dos clientes, deslocando-se às suas instalações, tendo as ferramentas instaladas num conceito de "Home-Office".

Está já definida a estratégia de expansão territorial? Estão definidos limites de coabitação geográfica?

Respondido na questão sobre a Estratégia, sendo que existirão limites de coabitação geográfica, suficientes para que se mantenha, para além de uma natural organização comercial, também um bom equilíbrio custo/benefício na alocação de regiões.

Contactos:
Departamento de Expansão
franchisingon@optimus.pt | www.optimusnegocios.pt